100 MYTOS

2.14.2006

Cansa ser...





Cansa ser, sentir dói, pensar destruir.

Cansa ser, sentir dói, pensar destruir.
Alheia a nós, em nós e fora,
Rui a hora, e tudo nela rui.
Inutilmente a alma chora.

De que serve? O que é que tem que servir?
Pálido esboço leve
Do sol de inverno sobre o meu leito a sorrir...
Vago sussuro breve.

Das pequenas vozes com que a manhã acorda,
Da fútil promessa do dia,
Morta ao nascer, na 'sperança longínqua e absurda
Em que a alma se fia.

Fernando Pessoa

2 Comments:

  • Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    By Anonymous Anónimo, at 1:58 da manhã  

  • Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    By Anonymous Anónimo, at 2:07 da manhã  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home