100 MYTOS

3.05.2006

All That Jazz






Charleston


O jazz

Zurze, risca losangos, gumes,

Planos, ângulos sonoros motes

Arrancados de dentro de pandeiretas, cornetas, tomballs, serrotes,

Tocados por Hotentotes saltitantes

Que rasgam o espaço côncavo

Com os fortes botes

Dos sonoros motes volantes

Do jazz-band d'Ho-ten-to-tes...

..

Andam no ar jogos malabares de fogos de Bengala,

Num batuque d'Hotentotes... d'Ho-ten-to-tes

Sal-ti-tan-tes no redondel duma senzala.

E ela surge, toda nua,

Sob a poalha luminosa e crua

D'um foco d'arco voltaico,

Que, incendiando o mosaico

De sua pele tatuada e cores,

Lhe dá o aspecto bizarro

D'um bronze colorido,

D'um manipanso Hotentote.

O seu corpo, asa que desgarra,

Esmurra, esbarra,

Em movimentos agéis,

Eléctricos,

Com os sons do jazz

Pensamentos alados de Ferrabaz

Que esvoaçam, velozes, velozes no espaço.

As pernas são apenas

Dois movimentos instáveis,

Trémulos, nos espaços,

Em malabárico jogo.

E so braços,

Duas antenas vibráteis,

Duas asas de fogo e cor

Numa pluma de labareda.

Os olhos são duas puas,

Acerados gumes,

Agudos ângulos,

Orgias de fogos e lumes,

Facas de prestigitador sonâmbulo.

..

Seu corpo, cansado e bambo

-Tomba

Sobre almofadas de Damasco, Raz,

E penas de Trebisonda.

E o jazz

Continua, jà lassa a pele dos bombos,

Bambas as cordas dos banjos.

Entretanto o jazz zurze, risca

O espaço também já lasso e bambo.

..

..

António Navarro

2 Comments:

  • Eu adorei o casamento de imagens e letras! As fotos são suas???

    By Anonymous Sabine Marins, at 12:38 da tarde  

  • Olá sabine.
    A maioria das fotos são minhas, algumas são cedidas por amigos, apaixonados pela fotografia como eu.
    Outras imagens são composições digitalizadas retiradas da net (ups!) devido à grande vontade em "postar" os textos e não ter fotos em arquivo que se adequassem ao texto.

    By Blogger mytos, at 2:47 da tarde  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home